quinta-feira, 24 de março de 2011

Botões de Rosas




Colham botões de rosas enquanto podem,
O velho Tempo continua voando:
E essa mesma flor que hoje lhes sorri,
Amanhã estará expirando.

O glorioso sol, lume do céu,
Quanto mais alto eleva-se a brilhar,
Mais cedo encerrará sua jornada,
E mais perto estará de se apagar.

Melhor idade não há que a primeira,
Quando a juventude e o sangue pulsam quentes;
Mas quando passa, piores são os tempos
Que se sucedem e se arrastam inclementes.

Por isso, sem recato, usem o tempo,
E enquanto podem, vivam a festejar,
Pois depois de haver perdido os áureos anos,
Terão o tempo inteiro para repousar.

Robert Herrick

Recebí esse lindo poema da Neuci Ferraz - uma doce amiga virtual - lá do orkut - que sempre me envia lindas imagens de flores e  mensagens. Beijos doces,  e obrigada minha querida!





3 comentários:

Denise V. Soares disse...

Flores são sempre belas, e encantam a nossa alma...bjs

Valter Montani disse...

Amiga, grato pela amizade e carinho, tenha um bom fim de semana, bjs

A feiticeira da noite sopra estrelas no céu
a lua torna-se mais cheia e resplandecente
a noiva da colina asperge um suave perfume
espalhando no ar o seu chamado envolvente.

Trata-se de um convite ao amor e a amizade,
vai ecoando pelos quatro cantos da cidade
rua do porto, engenho central, repúblicas....
nada passa despercebido ao clamor lançado.

Miriam A´rtes disse...

Passei para te deixar um abraço,Fica com Deus.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...